quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Skinner e a teoria do condicionamento operante

Burrhus Frederic Skinner, foi um psicólogo norte-americano que nasceu em 20 de março de 1904 e faleceu em 18 de agosto de 1990.
Principal teórico da psicologia behaviorista ou comportamentalista contemporânea. É influenciado pela teoria dos reflexos condicionados de Ivan Pavlov e pelas idéias de John B. Watson sobre a teoria do reforço positivo e negativo do behaviorismo e Edward Lee Thorndike estabelece, com sua lei dos efeitos.

Skinner e Thorndike produziram experiências com animais. Thorndike formulou a lei do efeito que diz que “qualquer ação que produza um efeito satisfatório será repetida”. Thorndike encerrou gatos em caixas-problemas que, quando acidentalmente descobriam a forma de abrir as caixas, aprendiam e passavam a repetir o movimento da próxima vez que fossem lá colocados.

Foi, no entanto Skinner que desenvolveu o conceito. O condicionamento operante (CO) descreve a relação entre o comportamento e as conseqüências. Uma resposta operante é aquela que se produz sem a presença de um estímulo incondicionado, ou seja, é um comportamento voluntário.

É um processo através do qual aprendemos a dar respostas de forma a obter um benefício ou a evitar algo desagradável. Conseqüentemente a freqüência das respostas depende das suas conseqüências.

O reforço é um evento que sucede um comportamento e o incrementa. Há várias formas de classificá-los: se são primários (diz respeito a necessidades básicas ou naturais – não aprendido) ou secundários (aprendido, podendo ser material ou social); se são intrínsecos ou extrínsecos (diz respeito ao reforço ser ou não ser inerente ao comportamento que o gerou); ou então se são positivos ou negativos.

O reforço positivo será a apresentação de um estímulo positivo. O reforço negativo a supressão de um estímulo aversivo. Se as conseqüências de um comportamento forem aversivas ou desagradáveis para o sujeito, o comportamento tenderá a desaparecer. Ou seja, também se consegue controlar o comportamento através de efeitos negativos. É o caso do castigo.

A generalização, a discriminação e a extinção são as semelhanças mais notórias entre o condicionamento clássico e o condicionamento operante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário